18/08/2017

4 tipos de lareira para esquentar a casa no inverno

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-02

Aconchego é a palavra-chave do outono e do inverno, principalmente para quem prefere curtir a casa ao invés de se aventurar do lado de fora. E é nessas horas que a decoração pode, e deve, ser a sua maior aliada! Além de deixar os ambientes ainda mais belos e funcionais, um detalhe em especial tem a capacidade de transformar o seu lar em um refúgio contra o frio: as lareiras! Antigamente, ter uma lareira em casa dependia de muito quebra-quebra, cuidado e paciência para limpar a fuligem e extinguir o cheiro da fumaça no final da brincadeira. Porém, hoje em dia existem diferentes modelos, muito mais práticos e ecologicamente corretos para garantir conforto e a mesma experiência relaxante que só as lareiras proporcionam.

Confira também: Como receber ao ar livre no inverno

Venha com a gente conhecer 4 tipos de lareira e escolher a que melhor se encaixa às suas necessidades:

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-10

#1 LAREIRA A LENHA

O modelo mais tradicional e antigo é perfeito para quem gosta do ritual de acender o fogo e do perfume da madeira queimando, que faz lembrar uma fogueira. No entanto, para instalá-la na sua casa você vai precisar de mão de obra especializada, ou seja, será impossível fugir de uma reforma. Esse tipo de lareira necessita de um duto exaustor para a saída da fumaça e de revestimentos que suportem altas temperaturas, como o tijolo refratário.

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-18

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-01

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-17

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-20

#2 LAREIRA METÁLICA

As lareiras metálicas geralmente são a lenha, mas costumam ser mais simples de instalar do que as de alvenaria. Além disso, elas são compactas e têm um design mais clean, com uma pitada escandinava que está super em alta no momento. Por outro lado, por serem pré-fabricadas e necessitarem de chaminé, é quase impossível instalá-las em apartamentos – a não ser naqueles que contam com a saída para a chaminé.

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-15

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-03

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-21

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-11

#3 LAREIRA A GÁS

Para quem não gosta da fumaça e da fuligem provenientes da queima da madeira, a lareira a gás é uma ótima opção. Isso porque a chama nasce da combustão de gás – que pode ser o gás natural ou o GLP (de botijão).  É importante salientar que na hora da compra, deve-se ter em mente qual o tipo de alimentação presente na casa ou apê, pois o modelo da lareira deve ser compatível com o gás a ser utilizado. Ela também necessita de mão de obra especializada para a instalação, que requer um ponto de gás, como o do fogão.

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-16

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-07

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-04

#4 LAREIRA ECOLÓGICA

Este é o modelo mais prático que existe hoje no mercado. A lareira ecológica não precisa de chaminé, sistema de ventilação ou ponto de gás. Ela funciona a base de álcool, mais especificamente um gel fluido a base de etanol, muito mais ecológico, pois é uma fonte de energia renovável e menos poluente. Ela pode ser embutida em diversos materiais resistentes ao calor ou acopladas em estruturas de alvenaria, mas os modelos portáteis com certeza são os mais interessantes. Eles garantem mais versatilidade, pois se adaptam muito bem a vários ambientes – inclusive os externos. São feitos para suportar altas temperaturas, por isso podem ser colocados diretamente sobre mesas ou pisos de madeira sem danificá-los.

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-06

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-13

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-09

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-05

decoracao-tipos-de-lareiras-studio-lab-decor-08

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *