17/11/2016

As atrações da 25ª Biennale Interieur

feira-design-biennale-interieur-studio-lab-decor-8

A Biennale Interieur, na cidade de Kortrijk (Bélgica), não é apenas uma feira. É uma organização sem fins lucrativos que atua no campo do design, desenvolvimento de produtos e inovação. Aconteceu pela primeira vez em 1968 e celebrou sua 25ª Bienal no fim de outubro de 2016. É uma aposta constante na singularidade das criações e vêm aumentando seu número de visitantes a cada ano, além do volume de negócios e de marcas de design de renome mundial.

Onde tudo acontece

feira-design-biennale-interieur-studio-lab-decor-4

Chegar a Kortrijk, a partir de Bruxelas, não foi difícil. Os trens têm horários variados e constantes e em poucos minutos um stuttle nos leva direto para o pavilhão XPO, onde está o ponto central da Bienal. Apesar de ser uma cidade pequena, é muito receptiva e de fácil acesso. Ótima notícia para os inúmeros visitantes do evento, que tendem a se hospedar por lá durante os 10 dias de feira.

O evento

feira-design-biennale-interieur-studio-lab-decor-14

Tudo funcionando com calma e ordem. O volume de visitantes é na medida certa para a estrutura, o que evidencia a capacidade dos belgas em organizar eventos de grande porte, planejar e saber receber. Eles são realmente bons nisso!

A feira tem curadoria cuidadosa de Kersten Geers Van Severen e Richard Venlet & Joris Kritis, que juntos elegem e homenageiam um designer a cada edição – nomes como, Jasper Morrison e Jean Novel já foram destacados em outros anos. Em 2016 foi a vez do belga Vincent Van Duysen (imagem abaixo), arquiteto e designer cujos produtos são fabricados por grandes marcas italianas, como FLOS, BeB e Poliform.

feira-design-biennale-interieur-studio-lab-decor-19

Muitos eram os espaços destinados a projetos conceituais, uso de diferentes matérias-primas ou materiais com aplicações inusitadas. Restaurantes, bares e exposições foram incluídos na ambientação dos halls possibilitando a interação entre visitantes e criando um ritmo surpreendente. Também é impossível não ressaltar o belo pavilhão, climatizado e amplo, com vários banheiros bem instalados. Já as exposições montadas entre os stands dos expositores também despertaram a curiosidade e estimularam a imaginação dos visitantes.

Highlights da Biennale Interieur

Bar Terra:

feira-design-biennale-interieur-studio-lab-decor-12

feira-design-biennale-interieur-studio-lab-decor-11

Um balcão criado em torno de um canteiro de cogumelos, com a intenção de criar uma relação entre o visitante e a forma mais primitiva de vida. Projeto de Carolien Pasmans, Bran Aerts e Claudio Saccucci de Stedenbouw, da Bélgica.

Restaurante Nose:

feira-design-biennale-interieur-studio-lab-decor-17

Nesse restaurante japonês o foco era os pratos do menu. Projeto simples, limpo, desenvolvido com materiais baratos, como espumas e compensado, além de uma enorme mesa de uso coletivo cercada por cadeiras finlandesas assinadas por Alvar Aalto. Projeto de Mayu Takasuci (Tóquio) e Johannes Berry (Cape Town), da Bélgica.

Generation:

feira-design-biennale-interieur-studio-lab-decor-7

Enfim, uma citação ao design brasileiro. Os Irmãos Campana marcaram presença com a peça Cabana Cabinet. Planejada pela curadoria da feira, com uma montagem simples, mas bastante colorida, esse espaço reuniu diversas peças que contam um pouco da história do design. Foi possível conhecer como os móveis usados para guardar e organizar foram concebidos ao longo desses anos.

Etage Projects:

feira-design-biennale-interieur-studio-lab-decor-5

feira-design-biennale-interieur-studio-lab-decor-6

Essa galeria de Copenhagen organizou uma exibição de peças de Michael Marriot, Peter Marigold e Frederick Paulsen a fim de explorar as fronteiras entre cultura, arte e design. Quase como uma brincadeira, a ideia era despertar pensamentos. Também tinha uma montagem simples num pequeno espaço bem iluminado.

Circus:

feira-design-biennale-interieur-studio-lab-decor-15

Uma grande instalação, mais elaborada e sofisticada. Tratou-se de uma tenda de circo com um bar centrar rodeado por áreas expositivas das marcas Alessi, Duravit, Taor, Niko, Quick Step, King George, Dekton, De Morgen e Moooi.

Room for a day bed:

feira-design-biennale-interieur-studio-lab-decor-16

Espaço quase monocromático com luz difusa e suave. Havia tecidos de lã usados juntamente com peças de metal, além da leveza do cinza, marcado pelo uso de concreto. Destaque para o contraponto no pendente de luz branca, como se fosse a lua iluminando o entorno. Projeto de Johnston Marklee e Jonathan Olivares, dos Estados Unidos.

IDZ:

feira-design-biennale-interieur-studio-lab-decor-13

A cidade de Berlin também marcou presença com os expositores organizados pelo IDZ Internacional Design Center Berlin. Era um conjunto interessante com propostas inovadoras. O que vi reafirmou a ideia de que a cidade de Berlin é um polo de produção criativa.

A partir de agora, confesso, já estou ansiosa para a próxima bienal de Kortrijk. Já sei o caminho e quero voltar – com direito a muito chocolates e cervejas belgas!

por Vera Santiago

coach da Agência de Design @agenciadedesign

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *