30/08/2017

Circuito de arte contemporânea em Buenos Aires

Caminhar por pelas ruas de Villa Crespo, em Buenos Aires, é um passeio por si só muito agradável. O bairro, antes residencial, agora abriga cafés, restaurantes, lojas e outlets – sem contar que fica pertinho de Palermo, outro bairro queridinho dos turistas, recheado de ótimos passeios. Mas além dessa eferverscência cultural, Villa Crespo vem experimentando uma nova onda com perfumes artísticos… Recentemente, muitas galerias, residências artísticas e coletivos elegeram a região como morada o que, aos poucos, a transformou em um verdadeiro polo da arte contemporânea da cidade.

Quem nos deu esta dica incrível foi a nossa colaboradora Estela Marquezi, que esteve por lá há pouco tempo e pode ver de pertinho esta cena tão rica e original. Ela compartilhou com a gente um mapa superbacana e completo das melhores galerias de arte contemporânea de Villa Crespo e Palermo. Olha só:

  1. Acélafa

A Acéfala Galería foi inaugurada em 2015 em Palermo pelas irmãs Bárbara e Sol Echaverría. As jovens decidiram abraçar o projeto como uma maneira de trabalharem juntas e combinar em um único espaço o interesse das duas pelas artes. A Acéfala tem como principal objetivo ser um ponto de encontro entre várias disciplinas artísticas, um lugar de experimentações e pesquisa.

Onde: Av. Cnel. Niceto Vega 4754

Infos: acefalagaleria.com

2. Arte x Arte

A Arte x Arte é uma das maiores galerias da região, com um espaço de 1800 m². Focada principalmente em fotografia, vídeo e novos suportes, conta com seis sala de exposição com mostras permanentes, uma sala de vídeo, uma sala de leitura, além de uma biblioteca especializada e sala de conferências.

Onde: Lavalleja, 1062

Info: artexarte.com.ar

3. Espacio Plas

O Espacio Pla é um centro cultural dedicado à produção de Eduardo Pla (1952-2012), artista argentino pioneiro da arte digital. A galeria promove e exibe as obras de artistas locais que têm como suporte a tecnologia e novas mídias.

Onde: Malabia, 1841

Infos: espaciopla.com

4. Gachi Prieto

A Gachi Prieto é um espaço de gestão e reflexão independente que se projeta como ponto de encontro para a arte latino-americana contemporânea. Inaugurada em 2007, concentra-se em propostas site specific, que ocupam o espaço como um desafio para gerar e atualizar conteúdo.

Onde: Uriarte 1373

Infos: gachiprieto.com

5. Granada Gallery

A Granada é uma galeria focada em divulgar o trabalho de novos artistas contemporâneos e ilustradores. Tem o objetivo de expandir o universo da ilustração, promovendo intercâmbios através da arte.

Onde: Godoy Cruz, 1644

Infos: granadagallery.net

6. Hache

Hache – galería de arte contemporáneo se descreve como um espaço de reflexão sobre a relação do homem com a natureza na sociedade atual. Tem como principal objetivo difundir, expor e comercializar a produção artística local.

Onde: Loyola, 32

Infos: hachegaleria.com

7. HILO

A HILO é um espaço de arte contemporânea dirigido por artistas. Nasceu da ideia de fomentar a produção, exibição e comercialização de obras de artistas emergentes. Tem como foco as instalações e trabalhos site-specific.

Onde: Av. Raúl Scalabrini Ortíz 1396

Infos: hilogaleria.com

8. La Ira de Dios

É um projeto sem fins lucrativos que oferece espaço de exibição, interação e produção para artistas nacionais, internacionais, curadores e pesquisadores. Buscam ser um agente articulador de relacionamentos e oportunidades para a comunidade artística local, desde o intercâmbio com outros espaços e instituições nacionais e internacionais.

Onde: Aguirre 1029

Infos: lairadedios.com.ar

9. Nora Fisch

Inaugurada em maio de 2011, a Galería Nora Fisch se converteu em um dos espaços mais importantes dentro da cena de arte contemporânea de Buenos Aires. Exibe trabalhos de artistas de diversas mídias, mas que se caracterizam pela solidez e ousadia – entre eles estão alguns dos artistas mais emblemáticos da cena atual argentina.

Onde: Av. Córdoba 5222

Infos: norafisch.com

10. Pabellón 4

A Pabellón 4 Arte Contemporáneo abriu as portas em 1996. Até 2014, a galeria ocupava um casarão no bairro de Palermo, mas em junho de 2015 mudou-se para a Villa Crespo. O espaço conta com uma sala de exposição, uma edícula para obras de grande formato e arquivo de fotografias, laboratório e uma biblioteca. Desde o início, a Pabellón se estabeleceu como um espaço de interação de novas linguagens e poéticas.

Onde: Uriarte 1332

Infos: pabellon4.com

11. Quimera

A Quimera abriu as portas em 2012 e desde então é reconhecida como uma das mais importantes galerias de arte jovem de Buenos Aires. Funciona como uma plataforma para o desenvolvimento de projetos de curadoria, expositivos, educacionais e também editoriais – inauguraram o próprio selo em 2015, a Q-Editora.

Onde: Güemes 4474, Buenos Aires

Infos: quimeragaleria.com

12. Ruby

Ruby é uma galeria de arte contemporânea dirigida por Irana Douer que tem como finalidade exibir, promover e comercializar obras e projetos de artistas contemporâneos. Com foco no artista que dá importância para o formal e a técnica, mas que também busca uma produção autoral sensível: uma espécie artista romântico contemporâneo.

Onde: Av. Forest 379

Infos: galeriaruby.com.ar

13. Ruth Benzacar

Fundada em 1965 por Ruth Benzacar, a galeria tem um forte compromisso com a arte contemporânea, com enfase em difundir os trabalhos de artistas argentinos.  O espaço na Villa Crespo é dirigido pela filha e pela neta de Ruth e ocupa um antigo depósito industrial que foi completamente restaurado.

Onde: J. Ramírez de Velasco 1287

Infos: ruthbenzacar.com

14. SlyZmud

A Galeria SlyZmud foi inaugurada em 2011 por Natalia Sly e Larisa Zmudvenían. As duas têm muitos anos de experiência na área, trabalhando como produtoras de artistas e mostras em diversas galerias.

Onde: Bonplant 721

Infos: facebook.com/pg/SlyZmud

15. UV

UV Estudios é um espaço em constante construção e definição. Um projeto de trabalho, investigação e exposição que coexistem, em uma eterna celebração da arte. Busca encontrar a surpresa em meio ao caos da produção de ideias.

Onde: Humboldt 401

Infos: uvestudios.tumblr.com

Vale dizer que o circuito é realizado pela @abrelista no primeiro sábado de cada mês, então se você está programando uma viagem a Buenos Aires durante este período, reserve um tempinho do seu dia para fazer o roteiro e conferir as novas mostras e programações das galerias.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *