12/03/2018

Design, obras de arte e décor atemporal no apartamento de Daniela Cianciaruso

Quem conhece o trabalho da Díptico Design de Interiores sabe que a estética contemporânea aliada à elementos nobres e a valorização do design brasileiro são aspectos constantes em seus projetos. E essas características não poderiam estar de fora do apartamento da designer Daniela Cianciaruso que é sócia do escritório, ao lado de Ricardo Caminada.

Veja também: Antes e depois: cozinha atual e alegre por Díptico Design de Interiores

Com intuito de proporcionar bem-estar e estimular o convívio em família, Daniela se mudou com o marido e os dois filhos pequenos para um duplex de 250 m² em um prédio assinado por Gui Mattos, na Vila Madalena. Com uma planta integrada e bem distribuída, janelões que deixam a iluminação natural invadir e detalhes expostos da estrutura, como a laje extrudada que permeia todos os ambientes, não falta espaço neste lar para peças com história, muito design e obras de arte.

Beleza atemporal

A decoração ganhou ares escandinavos graças à predominância da madeira, proposta minimalista e uso de cores neutras. O assoalho de madeira clara já existente foi mantido, bem como os armários da cozinha e a mesa de jantar de madeira maciça, que foi envernizada. Dessa forma, criou-se uma base sóbria e atemporal, que valoriza a beleza da arquitetura e das peças que compõem os ambientes.

A seleção de móveis e objetos de design, como as poltronas Oscar de Sergio Rodrigues, também ajudaram a enaltecer a sensação de aconchego e a revelar nuances da personalidade dos moradores. Algumas peças de família complementam o décor, como é o caso da tapeçaria de Jean Gillon, que pertenceu ao pai de Dani e hoje forma a dupla perfeita com o bufê Cercadinho, de Paulo Alves, feito com ripas de diversas madeiras.  Sobre o móvel, mais uma peça com história: a luminária trazida de viagem.

Área íntima reservada ao conforto e convicência

Revestida com piso metálico pintado de vermelho, a escada dá acesso ao andar inferior do dúplex. Ali embaixo o território é dominado pelas crianças, que usufruem não apenas de uma suíte compartilhada, mas também de um quarto de brincar e área de estudos.  Já o quarto do casal é um pequeno paraíso, um cantinho reservado e bastante iluminado que conta com um closet e banheiro. Por lá, prevalece o conforto enfatizado pelas cores claras e texturas. E como não poderia deixar de ser, design e obras de arte são destaques, como as banquetas Mole, de Sergio Rodrigues e as obras Tito Alencar.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *