13/04/2017

Memória, poesia e interatividade marcam mostra de Yoko Ono no Tomie Ohtake

Aos 84 anos, Yoko Ono reedita muitas de suas obras dos anos 60 para uma realidade não muito diferente da que ela já reivindicava há tempos atrás. Para quem não sabe, Yoko já era uma artista conceitual importante quando conheceu John Lennon – foi numa exposição dela que eles que se deu o encontro… Interessante poder desvincular Yoko, se é que isto é possível, do símbolo maior da música mundial.

O céu ainda é azul, você sabe…

A exposição da artista, intitulada O céu ainda é azul, você sabe…, em cartaz no Instituto Tomie Othake, é bastante reflexiva e espirituosa, repleta de obras em que a artista direciona ou quase dá ordens para que o público interaja. Interessante notar o envolvimento do espectador que acontece espontaneamente pelas salas que abrigam esses trabalhos.

Uma exposição muito atual, relevante para o momento em que vivemos, principalmente para as mulheres. Tem uma leveza e um protesto ao mesmo tempo, um colo de mãe e a dureza da realidade. Yoko faz referência ao conceito de boa sorte intrínseco à cultura japonesa – sua origem – em um interessante contraponto com o mundo real, duro e inconsequente. Quase como a letra da música: Imagine all the people living life In peace / You may say, I’m a dreamer, but i’m not the only one…

Brincadeiras à parte, vale a visita! Leve a família e divirta-se com Yoko Ono!!!

 


Yoko Ono – O céu ainda é azul, você sabe

Quando: até 28/05/2017

Onde: Instituto Tomie Ohtke | Rua Coropé, 88 – Pinheiros, São Paulo – SP

Info: institutotomieohtake.org.br

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *