25/02/2016

MOMENTOS ETERNIZADOS PELO FOTÓGRAFO CLAUDIO BERGSTEIN

CLAUDIO-BERGSTEIN-(3)

Quando recebi o convite para participar do projeto do fotógrafo Claudio Bergstein de súbito aceitei animadíssima. Acompanho seu trabalho há algum tempo e me rendo a sua capacidade entusiástica de prosseguir produzindo em meio a um mundo submerso em imagens, onde ele disciplinarmente da continuidade a sua quase decana “exposição virtual”.

Porém tão logo me dei conta da responsabilidade da tarefa, um temor me abateu. Não se tratava de mais um livro de fotógrafo, mas sim deixar um pouco de sua matriz, suas andanças e seu olhar para poucos e principalmente seus mais queridos amigos e familiares. No objeto desse desejo simples e genuíno estava para mim a relevância de seu projeto, pois se tratava de privilegiar aqueles que realmente fazem diferença em algum momento de sua vida e, no caso de Claudio, a vida inteira.

Claudio começou a fotografar ainda pequeno. Aos doze anos ganhou uma Leica no seu Bar Mitzavah e após um período de adaptação, encontrou ajuda no primo Lew, que aprimorou sua técnica e seu olhar. Depois dos 30 anos ele passou a viajar constantemente e a formar seu portfólio particular. Claudio é fotógrafo de um tempo onde a cor era um pouco esmaecida e às vezes roseada, advindo de um tipo de filme colorido, onde o magenta se tornava preponderante.

As fotografias que veremos aqui fazem parte de uma produção iniciada na década de setenta até os dias de hoje. Claudio aponta sua objetiva como se estivesse apenas olhando, observando sem a preocupação de apreender o momento instantâneo, e essa naturalidade faz com que nosso olhar de expectador seja ágil como se estivéssemos com ele, ali, em cada momento, como se ele abrisse o caminho e facilitasse a nossa espreitada sem alguma restrição, pelo contrário, divide generosamente seus momentos sem a preocupação de surpreender.

Seguem aqui algumas imagens que pertencem ao livro publicado em 2014, Claudio Bergstein Fotografias:

122250930_1GG-(1)

CLAUDIO-BERGSTEIN-(1)

CLAUDIO-BERGSTEIN-(2)

CLAUDIO-BERGSTEIN-(5)

CLAUDIO-BERGSTEIN-(4)

por Giovanna Nucci

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quelli impostati sull'acquisto di un falso di solito andare a molti degli innumerevoli fake luxury watches siti internet che orgogliosamente vendere orologi replica. Il prezzo basso è un suggerimento sicuro. Gli acquirenti sanno (o dovrebbero sapere) che stanno ricevendo un falso. L'unica domanda è:replika rolex klockor quanto è "buono" un falso? È impossibile dirlo dalla foto sfocata. C'è qualcosa che funziona sul pezzo? Probabilmente no. Questi siti internet spuntano subito dopo la chiusura del primo. Guardate la loro copia dell'annuncio: "Non nasconderemo il fatto che non sono autentici... nessuno lo saprà mai... possiamo quasi essere considerati un'estensione dei marchi veri e propri... anche le Replik IWC Uhren persone qualificate günstig kaufen hublot uhrche convalidano la legittimità degli orologi autentici non possono dire quale sia reale e quale sia falso". Naturalmente nessuna di queste affermazioni è vera.