19/04/2017

Glas Park: museu do cristal em Blumenau

Nem só de cervejarias – e de ótimas cervejas artesanais – vive Blumenau, em Santa Catarina. Em minha última passagem pela charmosa cidade, fui visitar o Glas Park, museu fundado em 1997 e que tem em seu pequeno acervo algumas preciosidades em vidros e cristais antigos. A proposta do Glas Park é oferecer uma viagem ao tempo através da história do vidro e seus mistérios, este material descoberto pelo homem há mais de 6 mil anos e utilizados para os mais variados fins.

Snuff bottles e outras curiosidades

Gostei muito da coleção de snuff bottles datada de 1900, todos originários da Bavária e produzidos na chamada hora livre – “shinden” – dos vidreiros, que tinham direito a apenas uma hora por mês para uso próprio.

Uma curiosidade que me chamou a atenção foi um belo par de taças de opalinas na cor lavanda, também da Bavária, século XIX. Apesar da riqueza da pintura em ouro,  soube que o vidro destas taças fora feito com cinzas de ossos.

Vidreiros em ação

Outro atrativo do museu do cristal são as demonstrações ao vivo do processo de manufatura do vidro, como acontece em Veneza, Murano ou na Alemanha e República Tcheca, por exemplo. Os vidreiros de lá – a maioria jovens artesãos – aliam as técnicas centenárias aos novos conceitos no fabrico do vidro e produzem pequenas obras em arte em questão de minutos. A Di Murano, proprietária do museu, promove essas apresentações diariamente, com direito a explicação do passo a passo pelos próprios aristas. Muito interessante.

E, para finalizar, reservei alguns minutos para conhecer a loja do museu, repleta de vasos, pinhas, bowls, travessas, ânforas, cinzeiros, copos, taças e perfumeiros muito bem feitos e em cores espetaculares.


Glas Park

Onde: Rua Rudolf Roedel, 233 – Blumenau

Info: (47) 3327-1261

Fotos realizadas por...

Isabella Blanco

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quelli impostati sull'acquisto di un falso di solito andare a molti degli innumerevoli fake luxury watches siti internet che orgogliosamente vendere orologi replica. Il prezzo basso è un suggerimento sicuro. Gli acquirenti sanno (o dovrebbero sapere) che stanno ricevendo un falso. L'unica domanda è:replika rolex klockor quanto è "buono" un falso? È impossibile dirlo dalla foto sfocata. C'è qualcosa che funziona sul pezzo? Probabilmente no. Questi siti internet spuntano subito dopo la chiusura del primo. Guardate la loro copia dell'annuncio: "Non nasconderemo il fatto che non sono autentici... nessuno lo saprà mai... possiamo quasi essere considerati un'estensione dei marchi veri e propri... anche le Replik IWC Uhren persone qualificate günstig kaufen hublot uhrche convalidano la legittimità degli orologi autentici non possono dire quale sia reale e quale sia falso". Naturalmente nessuna di queste affermazioni è vera.